sábado, 22 de novembro de 2008

sabado, 22 de novembro 38°

O fim do ano tá ai..
ai fico pensando q fiz de bom ou ruim este ano..
e cheguei a conclusão q foi um ano meio turbulento, meio confuso, meio inesperado, ganhei 2 filhinhos (filhos x sobrinho) grdes com incertezas, questionamentos naum colocados pra fora..
como todo garoto qdo passa dos 18, chegam aos 20, vinte e poucos anos, acham q são homens q ñ precisam mais de orientação ou de um conselho, a mãe, ou neste caso a tia, tá velha e ñ entende q eles são jovens e com todo jovem tem sede de viver na plenitude ..
e esta vivência inclui bebedeira, amigos fazendo farra com som alto em ksa qualquer dia, ou kse todo dia..
o q importa se vc tem q levantar cedo amanhã? afinal sou jovem guento o tranco!
mas neste impasse todo esquecem de uma palavra magica para a boa convivência "respeito" pelo outro, pelo espaço do outro.
Isso, não está no dicionário deles (jovens).
Acho q a escola, ou melhor o ensino, como tal deveria rever melhor os conceitos e conteúdo das disciplinas..
o que interessa p/ nós hje saber quem descobriu o Brasil..ou o caminho das índias..e um monte de baboseira q se aprende como trigonometria?
acho q devia ser mais aprofundado o português, educação, respeito, alimentação, importância dos exercícios..e preparar melhor o jovem p/ este mundo desconhecido - os pais trabalham o dia inteiro e na maioria das x pecam por excesso de mimo qdo estão em casa, uma compensação para diminuir sua culpa, sim pq eles se acham culpados, principalmente a mãe pq precisa trabalhar p/ dar + conforto aos filhos..lá adiante ela vai se dar conta q ela deveria era ter diminuido + o ritmo de seu trabalho, ñ levado serviço p/ casa, deveria ter feito menos hora extra ñ remunerada e ter conversado um pouquinho + com seu filho...pq tudo isso um dia acaba e aquilo q ela deixou de viver com seu filho, faz toda a diferença na vida dele...mas isso ela enxerga lá adiante..coisas da maturidade!
Mas tb quem mandou filho vir sem manual?
...e este conforto se resume a computador, jogos..q na maioria das x o jovem por inesperiencia acaba fazendo disso um vicio e aprende coisas q ñ deveria na "net"
e como mudar isso?
volto ao papel fundamental da escola, de mudar o conceito dos governantes sobre educação.
é uma faca de 2 gumes criar um filho hje..se vc paparica d+, ou não...?
mas enqto pais e mães ... vivenciando + de perto ...acredito q tem q ensinar pelo menos 2 coisas ao seu filho, desde pequeno:
respeito com as pessoas, isso inclui muito obrigado, com licença, bom dia!
limite

a modernidade é muito bom, hje vc conecta com o mundo, mas cabe aos pais ficarem atentos.

mas voltando ao assunto inicial..meu ano apesar de tudo, foi bom, pesando na balança, sei q Deus ñ coloca na porta dos outros o q é p/ vc passar..entaum eu tinha q passar por todo este processo até p/ poder me entender melhor.
e cada dia é um novo aprendizado!

3 comentários:

SUSANA disse...

Oi Zulu
Foi mto bom receber sua visita lá no meu blog e saber que gostou dos assuntos. Volte sempre e sempre que possível estarei postando algo que possa te interessar, viu? Um abraço carinhoso e uma ótima semana para vc.
Susana

Zú Leide disse...

brigada Suzana tb , faço minhas suas palavras..a minha area é + beleza apesar de adorar artesanato..se quiseres alguma dica blz, sou esteticista..bj

Zaza disse...

ai, ai .... q dizer ... em parte muitas verdades, em outras a vida nao 'e tao facil assim.... ser mae 'e tao bom, mesmo errando muito continuamente, 'e bom paparicar os filhos e sei q na longa caminhada tanto maes qto pais, vao enfrentar a rebeldia dos jovens, o despertar de auto-afirmacao e e' ai' q entra os questionamentos de certo e errado.
Mas tb sei q e' dificil a gente (mae) determinar limite e disciplina qdo o filho vem com aquela carinha mais linda dizenho maeeeeeeeeeeeee ...... a gente derrete mesmo, e pior ainda 'e qdo eles usam aqueles apelidos fofos como pitchulinha, minha veia.... ou simplismente Zaneidinha ... filho da' patada hj e amanha beija suave e diz q so' a comidinha da mae e' a melhor do mundo .... ai' ja' viu .... a gente fica molinha, molinha ... feito gelatina.... mas mae aguenta, talvez pq o elo e' mt forte ..... 9 meses carregando aquele filho q te da' enjoo, chuta a barriga, doi a coluna, te deixa enorme parecendo carregar uma melancia, te enche de desejos estranhos, tira o teu sono pq a barriga simplesmente nao se acomoda ..... mas na hora do parto ... e' so' alegria .... e qdo nasce!!!!!!!!! aquele tiquinho de gente grudado no peito ... amamentar um filho 'e simplismente divino, sentir o cheirinho de beb^e pela casa, o choro na madrugada, o riso, o arroto, as primeiras palavras, o primeiro dia na escola, o choro enqto gruda na perna da mae dizendo nao quero ficar...tao lindo 'e ver o filho chegando da escola todo sujo de tanto brincar livre, leve e solto ... eu sei ... seu sei ... eles crescem, tomam espaco demasiado, abusam DO EU POSSO, EU SEI, EU QUERO ... mas mesmo assim: filho e' a melhor coisa q Deus deu para uma mulher. Amo meus filhos e entao so' quero pedir q eles sejam mais carinhosos com a dindinha q sempre foi do coracao.... ta' parecendo q eles esqueceram disso. Mas todo dia e' um novo dia...