domingo, 14 de agosto de 2011

Filho do Chico




Serafim Felisberto, filho do Chico Magro que cresceu e viveu na Barranca, filho da Conceição, mulher forte valente, criou 13 filhos.
O que dizer de meu pai: homem valente, pegava boi a unha..era açougueiro nato, desde os 8 anos já ajudava na lida, matando porco, boi.
Homem simprão de tudo, mas com uma inteligencia indescritivel, contas, matemática, ninguem batia, precisão no corte da carne também..bastava pedir: Seu Serafim me vê ai 1 Kg de carne, que a faca ia com a maior presteza e na balança..lá tava 1kg..nem mais nem menos...tamanha sua habilidade.
Qdo novo gostava de dançar, andava leguas à cavalo para ir num baile, depois casou e se satisfazia vendo os filhos se divertirem, dançar e dizia: este (a) ai puxou a mim, com orgulho!

Hje com certeza ia dizer o mesmo dos netos!
Teve uma vida dificil...homem com tino p/ comercio..teve armazém, açougue, bar
Quem lembra do "Armazém para todos" na Vila São José? 

Este texto coloquei numa comunidade do orkut que fiz para meu pai em 2006.


Muita coisa aprendi com meu pai e uma delas é a responsabilidade com meu trabalho, tentando fazer sempre o melhor, além de honestidade, pontualidade e o gosto pela dança.


Entenderam porque meu blog se chama Armazén?
Saudades pai!!


Boa noite!!




Nenhum comentário: