domingo, 23 de agosto de 2009

Quer mudar sua vida? movimente!!




“Se você quer mudar a vida, movimente 27 coisas em sua casa”, já dizia um ditado chinês.

Explicando: o ambiente é vivo e pode nos ajudar.
É para isso que o feng shui, a arte de viver a casa, se entrelaça com outros caminhos que fortalecem a vida...

PARA SI MESMO
A palavra feng tem a ver com “céu” ou “alma”, e shui, com “matéria” ou “corpo”.
Por isso, existe um tipo de feng shui que interliga corpo e alma através da casa.
O jeito de ser dos ambientes acaba por moldar o jeito de ser das pessoas e vice-versa, sabem os mestres.
Contra cansaço ou depressão: capte o estimulante sol da manhã através de um cristal facetado, dependurado na janela.


Ou experimente uma nova alegria de viver atraindo os pássaros por meio de frutas colocadas na janela ou na varanda. O som do sino de vento, feito de bambu, nos regenera, e o de metal, pacifica.



Conserte os relógios quebrados e a vida parada no tempo...

Para receber inspiração, reze, crie um altar.

Banheiro por trás da cama? Um espelho entre a cabeceira e (virado para) a parede devolve a radiação poluída.
Deitado na cama: no criado-mudo à sua esquerda, coloque uma inspiração, e à direita escreva uma decisão, motivando os dois lados do cérebro (o intuitivo e o racional) a movimentar a vida


COM A NATUREZA
A palavra feng tem a ver com “afastar”, e shui, com “nutrir”. Assim, feng shui é a arte de afastar o que nos enfraquece e, ao mesmo tempo, nutrir o que nos fortalece.
“As flores, por exemplo, nutrem o ambiente e elevam o caráter humano, bem sabem os chineses, que as utilizam nos altares desde o ano 600”, ensina Rose de Deus, de São João del Rey (MG), em saborosos cursos de alimentação natural.
O feng shui moderno concorda e diz que um ramalhete de flores cheirosas pacifica a casa. Que plantas saudáveis, ou flores vermelhas, nutrem a saúde. E, melhor ainda, que as árvores frutíferas (mesmo em vasos) são as curas ambientais mais energéticas. Mais uma razão para plantar (e visitar o site www.ummilhaodearvores.org.br).
Existem mil formas de aplicar o feng shui, mas, em todas, a mensagem é a mesma: faça o melhor que você pode, com o que você tem, onde você está...


PARA A CASA
A palavra feng tem a ver com Ar, ou “respiração”, e shui, com Água, ou “circulação”. Por isso, feng shui é também a arte de fazer com que a vida se movimente.

“Um bom feng shui começa na forma de pensar (Ar) e de sentir (Água)”, ensina Idalmo Junior, acupunturista mineiro de sábia alma chinesa: “Todo sofrimento nasce do apego. O problema não é perder ou não conseguir algo precioso. É não saber lidar com as frustrações. Desapegue-se... Deixe a vida gerar novos frutos e flores. Desapegar é expirar o que não serve mais... Para, depois, inspirar o novo, bem sabe Marilda Romero, gaúcha, cujo belo trabalho une feng shui e ioga chinesa. “Ao respirar, abrimos a casa para o sagrado”, ela diz. “De pé, no centro do lugar, inspire levando o ar ao centro do corpo. Depois solte, cada vez mais suave. Imagine que, assim, você se alinha com o espaço, unindo-o ao Céu e à Terra.”

crédito foto: adorei esta foto é mesa que o designer Décio Navarro herdou do avô Salvador, marceneiro dos bons, tirada site bons fluidos




Texto: Carlos Solano


2 comentários:

Rafaela disse...

E não é que sou super adepta às mudanças, rs.

Adowro, acabei de descobrir que sou super ligada ao feng shui, rs.

bjos

Márcia "Lily" Reis disse...

OI, amiga!

Tem um selinho pra ti lá no meu blog das Arteiras das Terças!